Entrega grátis na França a partir de € 39

Os diferentes tipos de sushi e sua história

História dos rolos de sushi

Nunca foi tão fácil fazer um maki perfeito graças à máquina de enrolar Easy Sushi®. Descubra o utensílio Easy Sushi®

Sushi é um prato tradicional japonês que se tornou popular em todo o mundo. Geralmente consiste em arroz avinagrado acompanhado de peixe cru, legumes ou outros ingredientes. Existem muitos tipos de sushi, cada um com sua história e características únicas.

1 – História do Maki

História dos rolos de sushi

Makis são indiscutivelmente os tipos de sushi mais conhecidos e populares. Eles geralmente consistem em arroz avinagrado, peixe cru ou vegetais, envoltos em uma folha de alga nori. Os Makis costumam ser cortados em pedaços pequenos para facilitar o manuseio, tornando-os fáceis de comer fora de casa.

A história do maki remonta ao início do século 20, quando os donos de restaurantes japoneses começaram a servi-lo como comida para viagem para trabalhadores e viajantes. Antes disso, o sushi era consumido principalmente em restaurantes e era frequentemente considerado um prato de luxo. Makis tornou o sushi mais acessível, tornando-o mais conveniente para comer e mais acessível.

Existem muitos tipos de maki, cada um com seus próprios ingredientes e variações. Os makis tradicionais incluem algas marinhas, cebola verde e ovo maki, pepino e ovo maki e algas marinhas e peixe cru maki. Há também makis mais modernos, como makis de abacate e camarão, makis de salmão e cream cheese e makis vegetarianos.

Além de seus ingredientes, os makis também podem variar em tamanho e forma. Os makis tradicionais costumam ser de tamanho pequeno, mas também existem makis maiores, como o futomaki, que são mais grossos e cheios, e o hosomaki, que são mais finos e menores.

2 – História do Nigiri

História do sushi nigiri

Nigiri é outro tipo popular de sushi, geralmente consiste em arroz avinagrado e uma fatia de peixe cru ou vegetais por cima. O peixe utilizado para o nigiri costuma ser cru, mas também pode ser marinado, grelhado ou defumado. Os nigiri costumam ser servidos com um pouco de wasabi e gengibre ralado para dar sabor.

Ao contrário dos makis, os nigiri têm uma história que remonta ao período Edo (1603-1868) no Japão, onde eram servidos como prato principal em restaurantes de sushi. Os trabalhadores portuários, como pescadores, comerciantes e marinheiros, costumavam consumir nigiri como lanche porque eram fáceis de comer e convenientes para uma pausa para o almoço. Os nigiri eram frequentemente servidos em caixas de madeira, chamadas “ozen”, que eram carregadas pelos trabalhadores para o intervalo do almoço.

Existem muitos tipos de nigiri, cada um com seus próprios ingredientes e variações. Os nigiri tradicionais incluem nigiri de atum, salmão, ebi (camarão) e tamago (ovo). Há também nigiris mais modernos, como foie gras, trufas e nigiris de frutos do mar.

Nigiris são frequentemente considerados um tipo de sushi mais autêntico e tradicional, pois possuem uma longa história ligada à cultura japonesa. Eles também são considerados mais sofisticados do que os makis, pois geralmente são servidos em pequenas quantidades e costumam ser mais caros.

3 – História do Sashimi

Sashimi são fatias de peixe cru, geralmente servidas com gengibre ralado e wasabi. O sashimi costuma ser considerado o prato mais simples da culinária japonesa, pois contém apenas um ingrediente básico: o peixe cru. O sashimi costuma ser servido em pequenas porções, muitas vezes acompanhado de um prato de arroz.

O sashimi tem uma história que remonta à mesma época do nigiri, era servido como prato principal em restaurantes de sushi. Sashimi era frequentemente comido por samurai e membros da nobreza, que os apreciavam pela sua frescura e simplicidade.

Existem muitos tipos de peixes que podem ser usados para fazer sashimi, cada um com seu próprio sabor e textura. Os peixes mais comuns usados para sashimi incluem atum, salmão, garoupa, robalo e dourada. Há também sashimis mais raros, como baiacu, robalo e sashimi de atum rabilho.

sashimi deve ser cuidadosamente preparado para garantir a frescura e a qualidade do peixe. O peixe usado para o sashimi deve ser da mais alta qualidade e deve ser pescado ou comprado no mesmo dia para garantir o frescor. O sashimi também deve ser cortado de forma a maximizar sua textura e sabor.

4 – História do Tekami

História do sushi tekami

Temaki é um tipo de sushi em forma de cone, recheado com arroz avinagrado, peixe cru, vegetais e outros ingredientes, enrolado numa folha de alga nori. Eles são frequentemente considerados um tipo mais novo de sushi porque foram criados para serem mais fáceis de comer com as mãos, ao contrário do maki, que é cortado em pedaços.

Os Temakis podem ser recheados com diversos ingredientes, como peixes crus, vegetais, ovos, camarões, abacates e algas marinhas. Eles também podem ser servidos com molhos para adicionar sabor, como molho de soja, maionese ou molho picante.

O temaki é frequentemente considerado como um prato mais lúdico e informal do que outros tipos de sushi porque podem ser feitos de forma rápida e fácil em casa. Muitas vezes são servidos em reuniões e festas, onde os próprios convidados podem prepará-los com diversos ingredientes.

5 – História de Chirashi

História do Sushi Chirashi

Chirashis são um tipo de sushi que geralmente consiste em uma cama de arroz avinagrado sobre a qual são dispostos pedaços de peixe cru, legumes, ovos e outros ingredientes. O nome “chirashi” significa “espalhado” ou “espalhado” em japonês, referindo-se à forma como os ingredientes são dispostos no arroz.

Chirashis costumavam celebrar ocasiões especiais como festivais, ou para refeições festivas, como o Ano Novo Japonês. Eles geralmente são preparados em uma tigela ou prato e podem ser decorados de forma colorida e atraente.

Existem muitos tipos de chirashi, cada um com seus próprios ingredientes e variações. Os chirashis tradicionais incluem chirashis de algas e ovos, chirashis de vegetais e peixes crus e chirashis de frutos do mar. Há também chirashis mais modernos, como chirashis de salmão e abacate, chirashis vegetarianos e até chirashis com ingredientes de fusão, como frango ou frutas vermelhas.

Os ingredientes usados para chirashi devem ser frescos e de qualidade para garanta o melhor sabor e a melhor apresentação. O arroz usado para chirashi deve ser cozido no vapor e resfriado antes de misturar com os ingredientes.

Para concluir, A gastronomia japonesa é rica em diferentes tipos de sushi, cada um com sua própria história, ingredientes e apresentação. Makis, nigiri, sashimi, temaki e chirashis são exemplos de tipos populares de sushi que evoluíram ao longo dos anos para se tornarem pratos apreciados em todo o mundo. Os makis são rolos de arroz avinagrado, peixe cru ou vegetais, enrolados numa folha de alga nori, muitas vezes cortados em pequenos pedaços para uma melhor aderência. Nigiri são fatias de peixe cru ou vegetais colocados no arroz de vinagre. Sashimi são fatias de peixe cru, geralmente acompanhadas de gengibre ralado e wasabi. Temaki são rolinhos em forma de cone recheados com arroz avinagrado, peixe cru, vegetais e outros ingredientes, enrolados em uma folha de alga nori. Chirashis são um tipo de sushi que geralmente consiste em uma cama de arroz avinagrado sobre a qual são dispostos pedaços de peixe cru, legumes, ovos e outros ingredientes.

Todos esses tipos de sushi têm uma história única e interessante e são uma prova da rica e diversificada culinária japonesa. Cada um desses tipos de sushi pode ser comido sozinho ou combinado para criar experiências culinárias únicas. Se tiver oportunidade de provar estes diferentes tipos de sushi, não hesite em explorar os diferentes sabores e texturas que os caracterizam.

Preparar maki nunca foi tão fácil com o Easy Sushi®

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Você vai gostar também
Notícia

Temporada de Hanami no Japão

Toda primavera, você os vê, mas eles não necessariamente evocam nada para você, exceto um deleite, pois sua beleza impressiona. Mas o que